Muco cervical: um aliado na identificação da ovulação

Durante o ciclo menstrual da mulher, há vários tipos de secreção vaginal. O muco cervical é um tipo de secreção e pode ser um grande aliado na identificação do período fértil.
Já aqui falamos de várias formas de identificação do período fértil:


Hoje vamos falar,de forma mais detalhada, sobre o muco cervical que é uma secreção vaginal eliminada pelo colo uterino por acção do estrogénio.

Como é que a observação do muco cervical pode ajudar a engravidar?

Durante o ciclo menstrual da mulher, o muco cervical vai-se alterando: muda a quantidade, a textura e a cor. Observando essa transformação, poderemos identificar o período fértil . 
E quais são,então, essas mudanças? É isso que vamos hoje explicar, com detalhes, para que seja fácil identificar as diferenças. Vamos por partes!

Em primeiro lugar, a primeira coisa que ocorre no ciclo é a menstruação: durante alguns dias a mulher tem um sangramento normal que - como vimos no artigo Ciclo menstrual - tem a função de limpar o útero, eliminar o óvulo não fertilizado e preparar uma possível gravidez no ciclo seguinte.
A seguir à menstruação, o mais provável é que a mulher se sinta "seca", graças à quase ausência de secreção vaginal. Depois, segue-se, normalmente, um período em que sai uma secreção mais opaca, não muito abundante. 

O grande aliado: Muco Clara de Ovo

Segue-se, então, o tipo de muco cervical que interessa a quem está a tentar engravidar porque indica que a ovulação está próxima: uns dias antes da ovulação o muco cervical altera-se. Fica muito mais aquoso, transparente, elástico e abundante. Este muco é, muitas vezes, chamado de "muco clara de ovo" por se assemelhar muito à textura e cor da clara de um ovo. Tem uma textura extremamente elástica podendo ser esticado vários cm sem se partir. 
Nesta altura do ciclo poderá sentir a sua roupa interior mais húmida ou até ligeiramente molhada. Este muco, sendo mais líquido, permite que os espermatozóides consigam "nadar" melhor, favorecendo, assim, a sua subida até à entrada das trompas. O ambiente da vagina é demasiado ácido para os espermatozóides: se eles permanecem muito tempo dentro da vagina terão uma morte certa. O muco clara de ovo facilita a sua subida até ao útero. Nesse ambiente eles poderão sobreviver muito mais tempo (3 dias em média se bem que alguns podem sobreviver até 7 dias). Para mais informações consulte: Quantos dias sobrevive o espermatozóide dentro do corpo da mulher?

Atenção: ciclos curtos!

Muco Clara de Ovo: Foto: in Wikipédia
Mas atenção: pode não existir um período de secura ou de muco com secreção opaca antes do muco clara de ovo. Se uma mulher tiver um ciclo curto ou um tempo de sangramento (menstruação) longo, pode passar quase directamente da menstruação ao período fértil! Por exemplo: imaginemos que uma mulher tem um ciclo de 25 dias. Isso significa que o dia provável de ovulação será o 11º dia de ciclo. Se tiver uma menstruação de 6 dias, isso significa que o 7º dia de ciclo (primeiro dia livre da menstruação) será o 1º dia do seu período fértil. 
Por isso, se tem um ciclo curto, esteja atenta logo a seguir à menstruação!

E a seguir ao muco clara de ovo?

A seguir ao muco clara de ovo surge um outro tipo de muco cervical: um muco muito mais gelatinoso, de cor opaca e de textura mais densa. É parecido com a textura de um normal leite corporal ou até mesmo da gelatina. A cor pode ser esbranquiçada ou até amarelada.  
Como é muito cremoso não ajuda os espermatozóides a movimentarem-se, de modo que eles acabam por morrer no ambiente ácido da vagina. Mesmo que consigam subir, já não existirá nenhum óvulo nas trompas de falópio disponível para ser fecundado.
Muitas mulheres pensam que este é o muco fértil por ter uma aparência elástica. De facto, este muco parece mais gelatinoso ou cremoso. Mas, se colocar o muco entre os dedos e tentar  afastar os dedos, o muco quebrará imediatamente. A elasticidade é muito reduzida.

Como observar o muco

Há mulheres que conseguem analisar o muco cervical observando o papel higiénico depois de se limpar. Mas, muitas mulheres poderão não conseguir um bom diagnóstico com esse método.
A melhor forma de observar o muco é logo de manhã, após a primeira urina do dia. Com as mãos bem lavadas, insira o dedo médio na vagina e tente alcançar o colo do útero (o mais alto que conseguir). Retire o dedo e observe o muco que vem junto. Se esfregar suavemente o dedo médio no polegar e depois abrir bem os dedos poderá avaliar a elasticidade do muco. Se for capaz de abrir bem os dedos sem que o muco se parta (pelo menos 5 cm) - e se este for transparente e aquoso - estará no seu período fértil!

Leia também: Muco clara de ovo aparece antes da ovulação
Boa sorte!